Instituto Laborare | Candidatos a residência médica estão sujeitos a novas regras
17841
single,single-post,postid-17841,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-5.8,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.4,vc_responsive

Candidatos a residência médica estão sujeitos a novas regras

19-residencia

19 jan Candidatos a residência médica estão sujeitos a novas regras

A partir de agora, candidatos à residência médica estão sujeitos a novas regras instituídas pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), do Ministério da Educação. A Resolução 35/2018 determina que na seleção somente os participantes do Programa de Valorização Profissional da Atenção Básica (PROVAB) estarão aptos a requerer a utilização da pontuação adicional. Para isso, é necessário que tenham os nomes publicados em lista atualizada periodicamente no site do Ministério da Educação. A utilização da pontuação adicional deverá ser requerida pelo candidato em até cinco anos da conclusão do PROVAB ou até março de 2023.

A resolução determina ainda que o médico que não estiver na lista poderá solicitar a inclusão de seu nome pelo e-mail provab@mec.gov.br, devendo anexar o certificado de conclusão de ao menos um ano do Programa. O pedido será analisado pela CNRM, que deliberará ou não pelo seu acolhimento. Caso o pedido seja rejeitado, o solicitante será notificado da decisão, devidamente justificada, por correio eletrônico. O prazo para interposição de recurso é de cinco dias corridos, contados do recebimento da notificação de indeferimento do pedido.